Prefeitura Municipal de Tamarana | Apae de Tamarana conquista segundo lugar em votação e recebe cinco cadeiras de rodas

Apae de Tamarana conquista segundo lugar em votação e recebe cinco cadeiras de rodas

  Data da Publicação: 27/09/2018
Apae de Tamarana conquista segundo lugar em votação e recebe cinco cadeiras de rodas

* Uma das cadeiras de rodas é específica para atender um aluno da instituição (Divulgação/Unimed Londrina)

A Escola Anne Sulivan (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Tamarana – Apae) recebeu cinco novas cadeiras de rodas obtidas por meio da campanha "Eu Ajudo na Lata", da Unimed Londrina.

Além da Apae, outras quatro instituições da região participaram da iniciativa neste ano: o Hospital Cristo Rei, de Ibiporã (seis cadeiras); Centro Social Coração de Maria, de Londrina (cinco cadeiras); Sociedade de São Vicente de Paulo, de Alvorada do Sul (quatro cadeiras), e a Congregação de Irmãs da Pequena Missão para Surdos, de Londrina (três cadeiras).

Todas já iriam ficar com ao menos um equipamento graças à arrecadação de lacres de latas de alumínio, mas esse número aumentou conforme a quantidade de votos que cada entidade conseguiu em uma enquete virtual feita durante o mês passado.

A Apae de Tamarana conquistou o segundo lugar na votação e ganhou cinco cadeiras de rodas – uma delas é específica para atender as necessidades de um aluno da instituição. Os novos equipamentos foram entregues em cerimônia realizada no último dia 19.

"É uma escola de pequeno porte, mas, graças a Deus, todo mundo colaborou e ficamos em segundo lugar", comemorou a diretora da unidade, Marieta Suzamar Ferreira Santos. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Tamarana é presidida por Dirce Jane da Silva.

De acordo com a diretora, antes de a campanha começar, já havia necessidade por novos equipamentos na escola. "A gente tinha até pensado em fazer uma promoção para trocar as cadeiras de rodas. Os alunos ficaram bem contentes por recebê-las", contou.

A equipe da Escola Anne Sulivan é formada por 25 profissionais de diferentes áreas. Atualmente, eles atendem 50 estudantes da educação especial. Uma das fontes que bancam o funcionamento da unidade é a Prefeitura de Tamarana, que, em 2018, tem repassado R$ 14.090,50 ao mês para a Apae.

Filantropia – Além disso, segundo Marieta Santos, a filantropia cumpre papel importante em prol da escola. "As pessoas da comunidade têm sido muito solidárias com a Apae", contou. A população, inclusive, já pode levar lacres de latas de alumínio na unidade para a campanha de arrecadação de 2019.

A Apae de Tamarana também está disponível para acolher doações em dinheiro por meio da iniciativa dos sócios contribuintes. O próprio doador pode definir o valor com o qual pretende colaborar mensalmente. Ainda são aceitos donativos como alimentos.

Para mais informações sobre como ajudar a instituição, basta procurar a própria escola, que fica na Rua Arlindo Pereira de Araújo, 629, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira (das 7h às 12h e das 13h às 17h25). O telefone é o 3398-1745.


Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT (com informações da Unimed Londrina)