Prefeitura Municipal de Tamarana | Mais de cinco mil tamaranenses podem ser vacinados contra gripe

Mais de cinco mil tamaranenses podem ser vacinados contra gripe

  Data da Publicação: 23/04/2018
Mais de cinco mil tamaranenses podem ser vacinados contra gripe

* Campanha seguirá até 1º de junho, com Dia D em 12 de maio (Reprodução/Pixabay)

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começou nesta segunda-feira (23) e seguirá até 1º de junho. Em Tamarana, de acordo com a Secretaria de Saúde do município, 5.311 moradores fazem parte dos grupos prioritários que serão imunizados. A meta recomendada pelo Ministério da Saúde é aplicar as doses em ao menos 90% desse público.

Precisam se vacinar contra a gripe os idosos (mais de 60 anos), crianças de seis meses a menos de cinco anos, trabalhadores da área da saúde, professores das redes pública e privada de ensino, indígenas de seis meses de vida em diante, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto), portadores de doenças crônicas não transmissíveis (tais como enfermidades respiratórias, cardíacas e renais) e de outras condições clínicas especiais, além das pessoas privadas de liberdade. Para se imunizar, é necessário apresentar a carteira de vacinação e o cartão do SUS.

O diretor de Ação em Saúde do município, Leandro Feronato, recomendou a esses usuários que procurem se vacinar ainda durante os primeiros dias da campanha. “A conversão imunológica, que protege o indivíduo efetivamente, leva de duas a quatro semanas para ocorrer. Esse período de tempo seco e frio é o que concentra o maior número de casos de gripe. Por isso, o público-alvo deve se proteger o quanto antes”, afirmou ele.

Em Tamarana, a vacina contra a gripe está disponível tanto nas Unidades de Atenção Primária à Saúde da zona urbana (UAPS Plínio Pereira de Araújo, no Centro, e UAPS Padre Carmel Bezzina, no Jardim Juny) quanto nos pontos de atendimento da zona rural. Nestes últimos, as doses são aplicadas em dias específicos da semana: no Assentamento Mandassaia, toda segunda-feira (9h-12h); já no Assentamento Água da Prata (Incra), às terças e sextas-feiras (8h-16h); às quartas-feiras, no Bairro dos Moreiras (9-12h) e, por fim, no Bairro Serraria, toda quinta-feira (9h-15h).

Além disso, o Dia D de vacinação contra a doença será em 12 de maio, um sábado. Na ocasião, as unidades do Centro (das 8h às 17h) e do Jardim Juny (das 8h às 16h) estarão abertas exclusivamente para a imunização contra a gripe e a atualização de demais vacinas da comunidade em geral.

Segundo o diretor de Ação em Saúde, a população tem de ficar alerta em relação a informações falsas que costumam ser divulgadas a respeito das campanhas de imunização. “Para se adotar uma estratégia vacinal dessa grandeza, há muitos profissionais que trabalham em todo o processo. Não é aceitável a pessoa deixar de cuidar da própria saúde por acreditar em boatos disseminados principalmente em redes sociais”, alertou Leandro Feronato.

O diretor também detalhou as principais maneiras para buscar evitar a gripe. “Caso surja algum sintoma de gripe, o serviço de saúde precisa ser procurado com brevidade. Por outro lado, para diminuir o risco de pegar a doença, algumas das dicas são conservar as mãos sempre higienizadas, não utilizar objetos de indivíduos que estão com suspeita de gripe, manter os ambientes ventilados e evitar frequentar locais fechados e com aglomeração de pessoas”, disse Feronato.

Contraindicações – Não deve tomar a vacina contra a gripe quem tem alergia à gema de ovo ou está com febre. Pacientes quimioterápicos recebem a dose somente após autorização médica. Mais informações sobre a campanha em Tamarana podem ser obtidas nas UAPS Plínio Pereira de Araújo (3398-1983) e Padre Carmel Bezzina (3398-1987).

 

Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT