Prefeitura Municipal de Tamarana | Ponte no Incra é reformada pela Secretaria de Obras

Ponte no Incra é reformada pela Secretaria de Obras

  Data da Publicação: 12/11/2018
Ponte no Incra é reformada pela Secretaria de Obras

* 'Travessia pelo trecho já começava a ficar arriscada, principalmente porque ônibus do transporte escolar e caminhões passam por ali', apontou o secretário de Obras (Comunicação/PMT)

A Secretaria municipal de Obras mobilizou profissionais de seu quadro próprio e trabalhadores da terceirizada Sanraf para, nesta segunda-feira (12), reformar a ponte localizada sobre o Córrego Água da Prata, no Assentamento Água da Prata (Incra), zona rural de Tamarana. A estrutura, que não apresentava boas condições, recebeu as melhorias ao longo do dia e já se encontra liberada para o tráfego.

De acordo com o titular da pasta de Obras, Antonio Manoel Gonçalves – o Pombo –, a secretaria investiu cerca de R$ 16 mil na aquisição do madeiramento necessário para o serviço. "A travessia por aquele trecho já começava a ficar arriscada, principalmente porque ônibus do transporte escolar e caminhões passam por ali. De lá, vamos partir para duas pontes [localizadas entre a Igrejinha do Rio Preto e a Placa da Vaca, também na área rural] para fazer manutenção nelas", afirmou o secretário.

Ponte do Apucaraninha – Tiveram início nos últimos dias os primeiros trabalhos de terraplenagem para possibilitar a duplicação da ponte localizada sobre o Rio Apucaraninha, na Estrada do Arroio Grande. A obra conta com investimento de R$ 179.501,51 por parte da Prefeitura de Tamarana, que irá aplicar outros R$ 177.793,34 para duplicar a ponte do Rio Claro, igualmente situada na Estrada do Arroio Grande. Ambas as iniciativas estão a cargo da Linear Soluções Inteligentes em Engenharia, empresa que venceu as licitações abertas para atender essas demandas.

Além dos recursos desembolsados pelo próprio município, a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística firmou acordo com o Executivo local para o repasse de seis vigas de sete metros e 42 guarda-rodas para a obra na ponte do Rio Apucaraninha e mais quatro vigas de nove metros e 38 guarda-rodas para a estrutura no Rio Claro.


Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT