Secretaria de Saúde orienta população de Tamarana a manter vacinas atualizadas

  Data da Publicação: 25/01/2018
Secretaria de Saúde orienta população de Tamarana a manter vacinas atualizadas

*

Estar com as vacinas em dia é uma atitude que deve ser seguida por toda a população, independente da idade. Por isso, para reforçar a importância de se proteger contra as mais diferentes doenças, a Secretaria de Saúde de Tamarana pede que os munícipes verifiquem rotineiramente seu cartão de vacinação. O recado também vale para os adultos, já que há uma série de doses que esse público precisa tomar – entre elas, as vacinas contra o tétano, hepatite B e a tríplice viral (que protege contra caxumba, sarampo e rubéola). "Caso o indivíduo venha a se expor a alguma condição de risco, o recomendado é se vacinar 10 dias antes disso", contou a enfermeira da coordenação do Programa Nacional de Imunizações em Tamarana, Verinha Caetano.

Febre amarela – A enfermeira frisou que a vacina contra a febre amarela só tem de ser tomada uma vez em vida. Portanto, quem já se imunizou não necessita de nova dose. A vacina é recomendada para crianças a partir dos 9 meses até adultos com 59 anos, 11 meses e 29 dias (ou seja, 60 anos incompletos). Gestantes, lactantes e idosos são orientados a não tomá-la, mas, caso se desloquem para área de risco, podem ser imunizados após autorização médica. "Quem tem o hábito de acampar precisa verificar se o cartão de vacinação está atualizado", completou Verinha Caetano. Conforme a Secretaria estadual da Saúde, o último caso de febre amarela autóctone (contraído no próprio estado) confirmado no Paraná foi em 2008, em Laranjal, na região central. Já o último óbito autóctone ocorreu no mesmo ano, também em Laranjal.

Além disso, as autoridades da Saúde ressaltam que os macacos não transmitem febre amarela para os seres humanos. A violência contra esses animais, inclusive, é crime ambiental e pode gerar detenção de seis meses a um ano, além de multa. Todavia, casos de macacos que porventura tenham sido encontrados mortos devem ser informados de imediato pela população para a Vigilância Sanitária de Tamarana. O órgão, que fica na Rua Evaristo Camargo, número 245, atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. O telefone é o 3398-1982.

Locais de vacinação – Na zona urbana de Tamarana, as unidades básicas de saúde do Centro (3398-1893) e do Jardim Juny (3398-1987) ficam de portas abertas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para atualizar as vacinas de toda a população. Na zona rural, a vacinação é realizada em dias específicos: no Assentamento Mandassaia, toda primeira segunda-feira do mês (9h-12h); no Bairro dos Moreiras, toda última quarta-feira do mês (9h-11h30); no Bairro Serraria, toda primeira quinta-feira do mês (9h-14h) e, por fim, no posto do Assentamento Água da Prata (Incrão), toda primeira sexta-feira do mês (9h-13h).