Atendimento para carteira de identidade passa a ser feito apenas com agendamento

  Data da Publicação: 23/01/2020
Atendimento para carteira de identidade passa a ser feito apenas com agendamento

* Horários são marcados pela página do Instituto de Identificação do Paraná (www.institutodeidentificacao.pr.gov.br). População pode tirar dúvidas no telefone 3398-1978 | Foto: Reprodução/Agência de Notícias do Paraná

Os cidadãos não têm mais de encarar filas para emitir a carteira de identidade em Tamarana. É porque o Posto de Identificação do município passou a atender exclusivamente por agendamento prévio. Para marcar horário, é só acessar a página do Instituto de Identificação do Paraná (www.institutodeidentificacao.pr.gov.br).

Após a conclusão do agendamento, é gerado um protocolo que deve ser levado no dia do atendimento. Ele também detalha os documentos necessários para a confecção da carteira de identidade. O procedimento, que começou nos últimos dias, vale tanto para a primeira quanto para a segunda via do documento.

Para saber mais, basta ligar para o próprio Posto de Identificação de Tamarana, que atende no telefone 3398-1978. O funcionamento é de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h. A unidade fica na Rua Ancião Vicente Sutil de Oliveira, 259, Centro (ao lado da Câmara Municipal de Tamarana). Somente em 2019, o posto local produziu cerca de 750 carteiras de identidade de moradores da cidade e da região.

Nova carteira de identidade – O Paraná já tem emitido o novo modelo de carteira de identidade. De acordo com a Polícia Civil, essa versão é mais segura, já que, através da biometria, são acessadas todas as informações sobre outros documentos pessoais, além de ser possível averiguar se a pessoa tem Registro Geral (RG) em outro estado, em um procedimento que evita fraudes.

A nova carteira de identidade reúne mais dados do cidadão. Há como inserir informações da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Cartão Nacional de Saúde (SUS), Certificado Militar, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), título de eleitor, tipo sanguíneo, condições especiais de saúde, nome social, entre outras.

Quem possui o modelo antigo e deseja confeccionar a nova carteira de identidade também pode dar entrada no documento. Para isso, é cobrada uma taxa de R$ 36,75 (mesmo valor da emissão da segunda via). A primeira via da carteira de identidade é gratuita.

Carteira de Trabalho Digital – Além disso, o cidadão já conta com a facilidade de fazer sua Carteira de Trabalho pela tela do celular. A medida começou a ser implantada em todo o Brasil durante o segundo semestre de 2019 e vale para quem já tem o documento e também para o trabalhador que precisa dar entrada nele.

Para obter a Carteira de Trabalho Digital, basta baixar no celular o aplicativo que leva o mesmo nome, preencher um cadastro pessoal e, após receber um e-mail de confirmação, criar senha e colocar o CPF para ter acesso ao sistema.

Conforme o governo federal, quem já possui a versão física do documento não deve descartá-la. Existe um tira-dúvidas completo que esclarece mais detalhes sobre a novidade. Ele está disponível nesta página: www.gov.br/pt-br/temas/perguntas-frequentes-carteira-de-trabalho-digital


Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT (com informações da Agência de Notícias do Paraná e do governo federal)

Atualizado às 12h09 de 27/01/2020.