Cras fará mutirão para atualizar Cadastro Único dos tamaranenses

  Data da Publicação: 28/01/2020
Cras fará mutirão para atualizar Cadastro Único dos tamaranenses

* Cras fica na Rua Durval Azevedo Costa, 128, entre os jardins Juny e Esperança. Telefone para tirar dúvidas com a equipe da unidade é o 3398-1960 | Foto: Comunicação/PMT

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Professora Sueli Dias de Paula Oliveira irá realizar um mutirão de atualização do Cadastro Único da população de Tamarana em 08 de fevereiro, um sábado. O horário de atendimento será das 8h às 12h e das 13h às 17h. O Cras fica na Rua Durval Azevedo Costa, 128, entre os jardins Juny e Esperança.

A coordenadora da unidade, Stephenie dos Santos Franco, destacou ser fundamental que as famílias mantenham suas informações pessoais em dia para conseguir ter acesso a programas sociais. "É importante porque o governo sempre puxa os dados do Cadastro Único. Mantendo ele atualizado, a pessoa pode ter perfil para algum projeto que venha para o município", afirmou ela.

"Um exemplo foi o programa Caixa d'Água Boa, que selecionou 20 famílias. Um dos critérios era que todas elas tinham que ter o Cadastro Único atualizado", exemplificou a coordenadora ao citar a ação que entregou 20 caixas d'água para moradores da Vila Siena, Jardim Juny e Jardim Esperança.

Os documentos exigidos para participar do mutirão são carteira de identidade, CPF, título de eleitor, Carteira de Trabalho ou holerite (para quem está trabalhando), extrato recente do Bolsa Família (para quem recebe o benefício), Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, comprovante de residência atualizado (conta de água ou de luz), declaração de matrícula (para quem tem filhos em idade escolar) e nota fiscal do produtor rural (para quem é da zona rural).

A preferência é por documentos originais, mas fotocópias legíveis também são aceitas. Para fazer a atualização, não é necessário que toda a família compareça ao Cras. Basta que o responsável familiar informado no Cadastro Único apresente os documentos de todos os membros da família.

A equipe do Cras ressalta que o mutirão trata-se de uma oportunidade para os trabalhadores que não têm tempo para se deslocar à unidade em dias úteis. Ao mesmo tempo, os usuários também poderão ir ao local no dia 08 para agendar atendimento para outra data.

Dúvidas a respeito da iniciativa são respondidas de segunda a sexta-feira pelo telefone 3398-1960. O horário de funcionamento ao longo da semana é das 8h às 12h e das 13h às 17h.

O principal critério para a família ser inserida no Cadastro Único é ter renda total de até três salários mínimos. Atualmente, de acordo com o Cras, 1.668 famílias de Tamarana integram esse banco de dados, das quais 656 recebem o Bolsa Família. O programa de transferência de renda do governo federal injeta, em média, R$ 100 mil todo mês na economia do município.


Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT