Unidade de saúde do Centro abrirá neste sábado (15) para vacinar contra sarampo e ofertar demais serviços

  Data da Publicação: 11/02/2020
Unidade de saúde do Centro abrirá neste sábado (15) para vacinar contra sarampo e ofertar demais serviços

* Brasil teve mais de 18 mil casos de sarampo em 2019. Além disso, só em 2020, 27 paranaenses já contraíram a doença | Foto: Reprodução/Agência de Notícias do Paraná

Sábado (15) é dia de a população de Tamarana comparecer à Unidade de Atenção Primária à Saúde Plínio Pereira de Araújo, na região central, para checar se a vacina contra o sarampo está atualizada e também ser atendida em outros serviços que serão prestados pela equipe da UAPS durante a data.

O Dia D será das 8h às 17h e faz parte da nova campanha de vacinação para combater o sarampo que foi lançada nesta segunda-feira (10) e seguirá até 13 de março. A ação contempla pessoas de 05 a 59 anos.

Em sintonia com a estratégia adotada pela Secretaria da Saúde do Paraná, a Secretaria municipal de Saúde tem como meta vacinar os jovens de Tamarana de 20 a 29 anos de forma indiscriminada. Ou seja: mesmo quem é dessa faixa etária e está com a vacinação em dia deve receber dose extra.

Os moradores de demais idades e que integram o público-alvo da iniciativa serão vacinados se estiverem com a dose desatualizada. Para se imunizar, é preciso apresentar a carteira de vacinação e o cartão do SUS.

Ao longo do Dia D, os profissionais da UAPS ainda estarão de prontidão para atualizar demais vacinas dos munícipes; realizar o exame preventivo de câncer de colo do útero sem necessidade de agendamento; ofertar teste rápido para detecção de hepatites, HIV e sífilis; fazer teste de glicose e aferir pressão arterial.

A vacina também está disponível na própria unidade de saúde da área central e na do Jardim Juny (Padre Carmel Bezzina) nos dias regulares de atendimento. Já na zona rural, as doses têm sido levadas a cada duas semanas – portanto, a recomendação é que a população dessa região aproveite o Dia D para se proteger do sarampo.

De acordo com o Ministério da Saúde, 15 pessoas morreram no Brasil em 2019 ao contraírem sarampo. Catorze delas eram do estado vizinho de São Paulo e uma de Pernambuco. Ao todo, foram contabilizados 18.023 casos da doença no País no ano passado. Em 2020, o Paraná já registrou 27 casos de sarampo.


Lucas Marcondes Araújo - Comunicação/PMT